Login processing...

Trial ends in Request Full Access Tell Your Colleague About Jove

8.3: Etapas da Glicólise que Requerem Energia
TABLE OF
CONTENTS

JoVE Core
Biology

A subscription to JoVE is required to view this content. You will only be able to see the first 20 seconds.

Education
Energy-requiring Steps of Glycolysis
 
TRANSCRIPT

8.3: Energy-requiring Steps of Glycolysis

8.3: Etapas da Glicólise que Requerem Energia

Overview

Glucose is the source of nearly all energy used by organisms. The first step of converting glucose into usable energy is called glycolysis. Glycolysis occurs in the cytosol of the cell over two phases: an energy-requiring phase and an energy-releasing phase. Over the first three steps, glucose is converted into different forms and attaches to two phosphate groups donated by two ATP molecules, resulting in an unstable sugar. In the next two stages, the unstable sugar splits into two sugar isomers which are either converted or used directly in the next phase of glycolysis.

The Process

First, glucose receives a phosphate group from ATP converting it into a more reactive form (glucose 6-phosphate). Because glucose attached to the negatively-charged phosphate cannot cross the hydrophobic cell membrane, the addition of a phosphate group also traps glucose inside the cell.

Next, the more reactive form of glucose is converted into one of its isomers, fructose 6-phosphate, which is required for subsequent energy-requiring steps of glycolysis.

Fructose 6-phosphate then receives a phosphate group from a second ATP molecule. This converts fructose 6-phosphate into fructose 1,6-bisphosphate, an unstable sugar.

This unstable sugar splits into two distinct three-carbon sugar isomers, glyceraldehyde 3-phosphate and DHAP. Glyceraldehyde 3-phosphate can be directly used in the next stage of glycolysis, whereas DHAP is converted into glyceraldehyde 3-phosphate.

Visão Geral

A glicose é a fonte de quase toda a energia usada pelos organismos. O primeiro passo da conversão da glicose em energia utilizável é chamado de glicólise. A glicólise ocorre no citosol da célula ao longo de duas etapas: uma etapa que requer energia e uma etapa que liberta energia. Ao longo dos três primeiros passos, a glicose é convertida em diferentes formas e liga-se a dois grupos fosfato doados por duas moléculas de ATP, resultando em um açúcar instável. Nos dois passos seguintes, o açúcar instável divide-se em dois isómeros de açúcar que são convertidos ou usados diretamente na fase seguinte da glicólise.

O Processo

Primeiro, a glicose recebe um grupo fosfato de ATP convertendo-a em uma forma mais reativa (glicose 6-fosfato). Como a glicose ligada ao fosfato carregado negativamente não pode atravessar a membrana celular hidrofóbica, a adição de um grupo de fosfato também mantém a glicose dentro da célula.

Em seguida, a forma mais reativa de glicose é convertida em um dos seus isómeros, frutose 6-fosfato, que é necessário para fases subsequentes da glicólise.

Frutose 6-fosfato recebe então um grupo fosfato de uma segunda molécula de ATP. Isso converte frutose 6-fosfato em frutose 1,6-bisfosfato, um açúcar instável.

Este açúcar instável divide-se em dois isómeros distintos de açúcar de três carbonos, gliceraldeído 3-fosfato e DHAP. O gliceraldeído 3-fosfato pode ser usado diretamente na fase seguinte da glicólise, enquanto que o DHAP é convertido em gliceraldeído 3-fosfato.


Suggested Reading

Get cutting-edge science videos from JoVE sent straight to your inbox every month.

Waiting X
simple hit counter