Login processing...

Trial ends in Request Full Access Tell Your Colleague About Jove

17.3: Órgãos Acessórios
TABELA DE
CONTEÚDO

JoVE Core
Biology

A subscription to JoVE is required to view this content. You will only be able to see the first 20 seconds.

Education
Accessory Organs
 
TRANSCRIÇÃO

17.3: Órgãos Acessórios

Órgãos acessórios são aqueles que participam da digestão dos alimentos, mas não entram em contacto direto com ele como a boca, o estômago ou o intestino fazem. Os órgãos acessórios secretam enzimas para o trato digestivo para facilitar a quebra dos alimentos.

Glândulas Salivares

As gândulas salivares secretam saliva—um líquido complexo contendo em parte água, muco e amilase. A amilase é uma enzima digestiva que começa a quebrar amidos e outros carboidratos antes mesmo de chegarem ao estômago.

Fígado, Vesícula Biliar e Pâncreas

O fígado, a vesícula biliar e o pâncreas são os outros órgãos acessórios envolvidos na digestão. Todos os três secretam enzimas para o duodeno do intestino delgado através de uma série de canais chamados árvore biliar. O fígado e a vesícula biliar trabalham juntos para libertar bílis no duodeno. O fígado produz bílis, mas esta é armazenada na vesícula biliar para secreção quando necessária.

A bílis é uma mistura de água, sais biliares, colesterol e bilirrubina. Os sais biliares contêm áreas hidrofóbicas e áreas hidrofílicas que permitem que se envolvam com gorduras e água. Assim, eles dividem grandes glóbulos de gordura em uns mais pequenos—um processo chamado emulsificação. A bilirrubina é um produto residual que se acumula quando o fígado quebra hemoglobina de glóbulos vermelhos. A globina é reciclada e o heme, que contém ferro, é excretado na bílis. A presença de bilirrubina é o que dá às fezes sua cor castanha.

Cálculos biliares são agregações biliares que se formam na vesícula biliar ou nos ductos biliares adjacentes. As pedras de colesterol são feitas principalmente do colesterol na bílis. As pedras pigmentadas são formadas a partir de bilirrubina. A maioria das pedras forma-se sem ser notada; no entanto, se uma pedra ficar alojada no ducto biliar, podem surgir sintomas graves, como inflamação da vesícula biliar ou do pâncreas, febre, vómitos e icterícia. Uma colecistectomia—a remoção da vesícula biliar—é o tratamento primário e há efeitos colaterais mínimos a longo prazo da sua remoção.

O pâncreas secreta várias enzimas. A lipase divide os glóbulos de gordura mais pequenos em ácidos gordos e triglicerídeos. A tripsina e quimotripsina catabolizam proteínas em peptídeos. A carboxipeptidase quebra então esses peptídeos em aminoácidos individuais. O pâncreas também liberta amilase para digerir quaisquer carboidratos restantes.


Sugestão de Leitura

Get cutting-edge science videos from JoVE sent straight to your inbox every month.

Waiting X
simple hit counter