Login processing...

Trial ends in Request Full Access Tell Your Colleague About Jove

18.1: O que é o Sistema Nervoso?
TABELA DE
CONTEÚDO

JoVE Core
Biology

This content is Free Access.

Education
What is a Nervous System?
 
TRANSCRIÇÃO

18.1: O que é o Sistema Nervoso?

Visão Geral

O sistema nervoso é o conjunto de células especializadas responsáveis pela manutenção do ambiente interno de um organismo e coordenação da interação de um organismo com o mundo externo—desde o controlo de funções essenciais, como a frequência cardíaca e a respiração até ao movimento necessário para fugir ao perigo.

Partes do Sistema Nervoso

O sistema nervoso de vertebrados é dividido em duas partes principais: o sistema nervoso central (SNC) e o sistema nervoso periférico (PNS). O CNS inclui o cérebro, a medula espinhal e a retina—o tecido sensorial do sistema visual. O PNS contém as células receptoras sensoriais para todos os outros sistemas sensoriais—como os receptores de toque na pele—bem como os nervos que carregam informações entre o CNS e o resto do corpo. Além disso, parte do CNS e do PNS contribuem para o sistema nervoso autónomo (também conhecido como sistema motor visceral). O sistema nervoso autónomo controla músculos lisos, músculos cardíacos e glândulas que regem ações involuntárias, como a digestão.

O cérebro de vertebrados é dividido principalmente no telencéfalo, cerebelo e tronco cerebral. O telencéfalo é a maior parte anterior do cérebro que é dividida em hemisférios esquerdo e direito. Cada hemisfério é ainda dividido em quatro lóbulos: frontal, parietal, occipital e temporal. A camada mais externa do telencéfalo é chamada de córtex e está envolvida no processamento de informações sensoriais complexas e na maioria das funções cognitivas. Mais fundo no interior do cérebro estão outros componentes críticos, incluindo o hipocampo, hipotálamo, tálamo e gânglios basais. O cerebelo (o “pequeno cérebro”) está localizado posteriormente e abaixo do telencéfalo e é responsável por coordenar o movimento muscular. O tronco cerebral liga o cérebro à medula espinhal e tem centros importantes para funções vitais, como respirar e engolir.

A medula espinhal está abaixo do cérebro e é contínua com o tronco cerebral. Contém corpos de células neuronais e feixes de axónios que ligam o cérebro e diferentes partes do corpo. Além de ser um canal crítico de informação, a medula espinhal pode realizar algumas funções sem sinais do cérebro, como a locomoção e outros reflexos. Os nervos do PNS levam comandos motores do CNS para os músculos, e informações sensoriais das células receptoras para o CNS para interpretação. Além do movimento dos músculos esqueléticos, os nervos regulam a atividade de órgãos internos, como os pulmões e intestinos, através das divisões simpáticas e parassimpáticas do sistema nervoso autónomo.

Células do Sistema Nervoso

Dois tipos de células principais compõem o sistema nervoso: neurónios e células da glia. Os neurónios são os pesos pesados do CNS—eles são responsáveis por comunicarem uns com os outros e levar informações para frente e para trás do sistema nervoso para o resto do corpo. Estima-se que o cérebro humano contenha cerca de 100 mil milhões de neurónios e impressionantes 100 triliões de conexões entre eles. Eles existem em muitas morfologias diferentes e realizam uma ampla gama de funções. Os neurónios usam uma matriz de neuroquímicos e iões para se comunicarem através de junções chamadas sinapses.

O outro tipo principal de células do sistema nervoso faz parte de um grupo chamado células da glia. Elas incluem um grupo diversificado de células que contribuem para a função dos neurónios e igualam mais ou menos o número de neurónios no cérebro. Os principais tipos de células da glia incluem astrócitos, microglia, oligodendrócitos e células ependimais no CNS; Células de Schwann e células satélite são encontradas no PNS.

A Saúde Mental é uma Preocupação Global

O sistema nervoso rege praticamente todas as experiências que temos, e a sua disrupção devido a traumas, doenças, genética ou exposição a produtos químicos nocivos pode ter impactos severos na saúde e na qualidade de vida. As condições de saúde mental decorrentes de tais efeitos são notavelmente comuns em todo o mundo. O aumento da nossa compreensão de distúrbios neurológicos e neurodesenvolvimentais continua a fornecer tratamentos e terapêuticas potenciais para muitos que sofrem de condições de saúde mental. A Organização Mundial da Saúde (OMS) e os Institutos Nacionais de Saúde Mental (N.I.M.H) nos E.U.A., entre outras organizações, fornecem recursos valiosos para estudar essas condições e acompanhar o seu impacto na sociedade.


Sugestão de Leitura

Get cutting-edge science videos from JoVE sent straight to your inbox every month.

Waiting X
simple hit counter