Login processing...

Trial ends in Request Full Access Tell Your Colleague About Jove

24.5: Afinidade e Avidez
TABLE OF
CONTENTS

JoVE Core
Biology

A subscription to JoVE is required to view this content. You will only be able to see the first 20 seconds.

Education
Affinity and Avidity
 
TRANSCRIPT

24.5: Affinity and Avidity

24.5: Afinidade e Avidez

Overview

Antibodies bind to toxins or substances on the surface of cells, bacteria, viruses, or fungi. The substance is called an antigen, and the precise binding site is the epitope. The strength of the antibody-epitope interaction is called affinity. When an antibody binds an antigen by multiple epitopes, the cumulative strength of the interaction is called avidity. The strength of the interaction influences the elicited immune response.

The Adaptive Immune System Increases Efficiency by Improving Antibody Affinity

By definition, everything that an antibody can bind to is called an antigen. An antigen can be from another organism, a foreign particle such as a toxin, drug or a physical intruder (e.g., splinter), or the body’s own tissue. The exact point of contact where the antibody binds is called the epitope of the antigen. The strength with which an antibody binds to an epitope is called its affinity.

When the body encounters an antigen for the first time, only some of the available antibodies in the body bind the antigen by chance. The affinity of the antibody is likely low. However, the adaptive immune system earns its name by reacting adaptively to antigens that the organism encounters during its lifetime. Once an antigen has been recognized for the first time, a complex selection process leads to the production of antibodies with higher affinity against this specific antigen. Hence, the affinity of the antibody for a particular antigen is higher when the same antigen is encountered a second time. As a result, the immune response will be stronger.

Antibodies with Varying Affinity or Avidity Carry Different Functions

Some antibodies, such as IgM, possess multiple binding sites that all recognize the same epitope. The cumulative binding strength of such an antibody is called avidity. As a rule of thumb, antibodies with high avidity have low affinity. As a result, IgM more easily recognizes new antigens and can be produced quickly as it does not undergo an elaborate selection process. In fact, IgM is bound to B cells and primarily triggers B cells to produce other classes of antibodies with higher affinity against that newly identified antigen.

Visão geral

Anticorpos se ligam a toxinas ou substâncias na superfície de células, bactérias, vírus ou fungos. A substância é chamada de antígeno, e o local preciso de ligação é o epítope. A força da interação anticorpo-epítope é chamada de afinidade. Quando um anticorpo liga um antígeno por vários epítopos, a força cumulativa da interação é chamada de avidez. A força da interação influencia a resposta imune provocada.

O sistema imunológico adaptativo aumenta a eficiência melhorando a afinidade com anticorpos

Por definição, tudo o que um anticorpo pode se ligar é chamado de antígeno. Um antígeno pode ser de outro organismo, uma partícula estranha, como uma toxina, droga ou um intruso físico (por exemplo, lasca), ou o próprio tecido do corpo. O ponto exato de contato onde o anticorpo se liga é chamado de epítope do antígeno. A força com que um anticorpo se liga a um epítope é chamada de sua afinidade.

Quando o corpo encontra um antígeno pela primeira vez, apenas alguns dos anticorpos disponíveis no corpo ligam o antígeno por acaso. A afinidade do anticorpo é provavelmente baixa. No entanto, o sistema imunológico adaptativo ganha seu nome reagindo adaptativamente aos antígenos que o organismo encontra durante sua vida. Uma vez reconhecido um antígeno pela primeira vez, um processo de seleção complexo leva à produção de anticorpos com maior afinidade contra esse antígeno específico. Assim, a afinidade do anticorpo por um determinado antígeno é maior quando o mesmo antígeno é encontrado uma segunda vez. Como resultado, a resposta imune será mais forte.

Anticorpos com afinidade variada ou avidez carregam funções diferentes

Alguns anticorpos, como o IgM, possuem vários locais de ligação que todos reconhecem o mesmo epítope. A força de ligação cumulativa de tal anticorpo é chamada de avidez. Como regra geral, anticorpos com alta avidez têm baixa afinidade. Como resultado, o IgM reconhece mais facilmente novos antígenos e pode ser produzido rapidamente, pois não passa por um processo de seleção elaborado. Na verdade, o IgM é vinculado às células B e aciona principalmente células B para produzir outras classes de anticorpos com maior afinidade contra esse antígeno recém-identificado.


Suggested Reading

Get cutting-edge science videos from JoVE sent straight to your inbox every month.

Waiting X
simple hit counter