Login processing...

Trial ends in Request Full Access Tell Your Colleague About Jove

32.1: O que é Genética Populacional?
TABLE OF
CONTENTS

JoVE Core
Biology

A subscription to JoVE is required to view this content. You will only be able to see the first 20 seconds.

Education
What is Population Genetics?
 
TRANSCRIPT

32.1: What is Population Genetics?

32.1: O que é Genética Populacional?

A population is composed of members of the same species that simultaneously live and interact in the same area. When individuals in a population breed, they pass down their genes to their offspring. Many of these genes are polymorphic, meaning that they occur in multiple variants. Such variations of a gene are referred to as alleles. The collective set of all the alleles within a population is known as the gene pool.

While some alleles of a given gene might be observed commonly, other variants may be encountered at a much lower frequency. Gene pools are not static. The frequency and occurrence of alleles in a gene pool may change over time. For instance, allele frequencies change due to random mutations, natural selection, migration, and chance.

Population genetics examines genetic variation within and between populations, and changes in allele frequencies across generations. Population geneticists use mathematical models to investigate and predict allele frequencies in populations.

Comparative Population Genetics and Its Implications

The gene pools of natural populations may vary significantly. One goal of population genetics is to determine genetic variation among different populations of the same species. Studying such variations has implications for species health, domestication, management and conservation. For instance, increased urbanization gradually fragments natural landscapes and leads to habitat loss, division, and isolation of natural populations. Comparing the genetic makeup of different populations can provide insights about gene flow, and is important for maintaining wildlife populations. Understanding the gene pool of endangered species is crucial for conserving biodiversity in the global ecosystem.

Human Health and Population Genetics

Population genetics can also be used to investigate the genetic variation within and among human populations. Differences in allele frequencies underlie the variation in the occurrence of certain hereditary diseases, such as Tay-Sachs disease in the Ashkenazi Jewish population or beta-thalassemia in Mediterranean populations.

Population genetics is also used to understand the genetic basis of other human characteristics. For instance, population genetics has been used to study how natural selection has shaped innate immunity, body height, and longevity.

Uma população é composta por membros da mesma espécie que simultaneamente vivem e interagem na mesma área. Quando indivíduos de um população cruzam, eles passam os seus genes para seus descendentes. Muitos desses genes são polimórficos, o que significa que ocorrem em múltiplas variantes. Tais variações de um gene são referidas como alelos. O conjunto coletivo de todos os alelos dentro de uma população é conhecido como o conjunto genético.

Embora alguns alelos de um determinado gene possam ser observados comumente, outras variantes podem ser encontradas em uma frequência muito menor. Os genes não são estáticos. A frequência e a ocorrência de alelos em um grupo genético podem mudar com o tempo. Por exemplo, as frequências de alelos mudam devido a mutações aleatórias, seleção natural, migração e probabilidade.

A genética populacional examina a variação genética dentro de e entre populações, e mudanças nas frequências de alelos através de gerações. Geneticistas populacionais usam modelos matemáticos para investigar e prever frequências de alelos em populações.

Genética Populacional Comparativa e Suas Implicações

Os genomas de populações naturais podem variar significativamente. Um dos objetivos da genética populacional é determinar a variação genética entre diferentes populações da mesma espécie. Estudar tais variações tem implicações para a saúde, domesticação, gestão e conservação das espécies. Por exemplo, o aumento da urbanização fragmenta gradualmente paisagens naturais e leva à perda de habitat, divisão e isolamento das populações naturais. Comparar a composição genética de diferentes populações pode fornecer informações sobre o fluxo genético, e é importante para manter populações de animais selvagens. Entender o conjunto genético de espécies ameaçadas é crucial para conservar a biodiversidade no ecossistema global.

Saúde Humana e Genética Populacional

A genética populacional também pode ser usada para investigar a variação genética dentro de e entre as populações humanas. Diferenças nas frequências de alelos estão na base da variação da ocorrência de certas doenças hereditárias, como a doença de Tay-Sachs na população Judaica Ashkenazi ou beta-talassemia em populações Mediterrâneas.

A genética populacional também é usada para entender a base genética de outras características humanas. Por exemplo, a genética populacional tem sido usada para estudar como a seleção natural moldou a imunidade inata, altura corporal e longevidade.


Suggested Reading

Get cutting-edge science videos from JoVE sent straight to your inbox every month.

Waiting X
simple hit counter