Login processing...

Trial ends in Request Full Access Tell Your Colleague About Jove

34.17: O Ecossistema do Solo
TABLE OF
CONTENTS

JoVE Core
Biology

A subscription to JoVE is required to view this content. You will only be able to see the first 20 seconds.

Education
The Soil Ecosystem
 
TRANSCRIPT

34.17: The Soil Ecosystem

34.17: O Ecossistema do Solo

Plants obtain inorganic minerals and water from the soil, which acts as a natural medium for land plants. The composition and quality of soil depend not only on the chemical constituents but also on the presence of living organisms. In general, soils contain three major components:

  1. Inorganic mineral matter, which constitutes about 40 to 45 percent of the soil volume.
  2. Organic matter, also known as humus, which makes up about 5 percent of the soil volume.
  3. Water and air, covering about 50 percent of the soil volume.

Healthy soil has an adequate quantity of air, water, minerals, and organic matter to promote plant growth.

Based on its physical structure, the soil is composed of four distinct layers:

  1. O-horizon or topsoil
  2. A-background
  3. B-horizon or subsoil
  4. C-horizon or base soil

O-horizon comprises freshly decomposing organic matter - a result of the decomposition of plants, animals, or microorganisms. It is also known as topsoil. This humus layer is significant in improving soil fertility, moisture, and air retention. Though the humus is a smaller percentage of the overall soil volume, it is nevertheless essential.

A-background is a mixture of organic and inorganic components and is the beginning of true mineral soil formed by the weathering of rock.

The B horizon, or subsoil, is a layer of fine clay that is less fertile than the topsoil. It is rich in moisture and displays less biological activity than the topsoil.

The C horizon comprises the underlying weathered rock. Beneath the C horizon generally lies the bedrock that acts as a parent material in soil formation.

Soil Formation

Soil forms as a consequence of physical, chemical, and biological weathering processes acting on the parent bedrock material. In the case of physical weathering, the earth forms from mechanical actions such as temperature change, wind, frost, abrasion, or earthquakes, any or all of which can cause the breakdown of the bedrock. In chemical weathering, the bedrock reacts with water, acid, or other chemical components. Biological weathering, in contrast, is influenced by burrowing animals and plant roots that grow into the cracks of the rock, making it split.

Overall, the type of soil that will be produced is governed by five major interacting factors - composition of the parent material, the type of living organisms present, the climatic conditions, topography, and time. Interaction among these factors produce an infinite variety of soils across the earth.

As plantas obtêm minerais inorgânicos e água do solo, que atua como meio natural para plantas terrestres. A composição e a qualidade do solo dependem não só dos componentes químicos, mas também da presença de organismos vivos. No geral, os solos contêm três componentes principais:

  1. Matéria mineral inorgânica, que representa cerca de 40 a 45% do volume do solo.
  2. Matéria orgânica, também conhecida como húmus, que representa cerca de 5% do volume do solo.
  3. Água e ar, cobrindo cerca de 50% do volume do solo.

O solo saudável tem uma quantidade adequada de ar, água, minerais e matéria orgânica para promover o crescimento das plantas.

Com base na sua estrutura física, o solo é composto por quatro camadas distintas:

  1. Horizonte-O ou solo superficial
  2. Fundo-A
  3. Horizonte-B ou subsolo
  4. Horizonte-C ou solo basal

O horizonte-O compreende a matéria orgânica em recém decomposição - resultado da decomposição de plantas, animais ou microrganismos. Também é conhecido como solo superficial. Esta camada de húmus é significativa na melhoria da fertilidade do solo, humidade e retenção de ar. Embora o húmus constitua uma percentagem menor do volume total do solo, é, no entanto, essencial.

O fundo-A é uma mistura de componentes orgânicos e inorgânicos e é o início do verdadeiro solo mineral formado pelo intemperismo da rocha.

O horizonte-B, ou subsolo, é uma camada de argila fina que é menos fértil que o solo superficial. É rico em humidade e exibe menos atividade biológica do que o solo superficial.

O horizonte-C compreende a rocha intemperada subjacente. Sob o horizonte C geralmente reside a base que age como um material-mãe na formação do solo.

Formação do Solo

O solo forma-se como consequência de processos de intemperismo físicos, químicos e biológicos que atuam no material mãe da base. No caso do intemperismo físico, a terra forma-se a partir de ações mecânicas como mudanças de temperatura, vento, geada, abrasão ou terremotos, qualquer um ou todos os quais podendo causar a quebra da rocha. Em intemperismos químicos, a base reage com água, ácido ou outros componentes químicos. O intemperismo biológico, em contraste, é influenciado pela escavação de animais e raízes vegetais que crescem nas fissuras da rocha, fazendo-a dividir-se.

No geral, o tipo de solo que será produzido é regido por cinco fatores principais de interação - composição do material mãe, o tipo de organismos vivos presentes, as condições climáticas, topografia e tempo. A interação entre esses fatores produz uma infinita variedade de solos em toda a Terra.

Get cutting-edge science videos from JoVE sent straight to your inbox every month.

Waiting X
simple hit counter