Login processing...

Trial ends in Request Full Access Tell Your Colleague About Jove

34.17: O Ecossistema do Solo
TABELA DE
CONTEÚDO

JoVE Core
Biology

A subscription to JoVE is required to view this content. You will only be able to see the first 20 seconds.

Education
The Soil Ecosystem
 
TRANSCRIÇÃO

34.17: O Ecossistema do Solo

As plantas obtêm minerais inorgânicos e água do solo, que atua como meio natural para plantas terrestres. A composição e a qualidade do solo dependem não só dos componentes químicos, mas também da presença de organismos vivos. No geral, os solos contêm três componentes principais:

  1. Matéria mineral inorgânica, que representa cerca de 40 a 45% do volume do solo.
  2. Matéria orgânica, também conhecida como húmus, que representa cerca de 5% do volume do solo.
  3. Água e ar, cobrindo cerca de 50% do volume do solo.

O solo saudável tem uma quantidade adequada de ar, água, minerais e matéria orgânica para promover o crescimento das plantas.

Com base na sua estrutura física, o solo é composto por quatro camadas distintas:

  1. Horizonte-O ou solo superficial
  2. Fundo-A
  3. Horizonte-B ou subsolo
  4. Horizonte-C ou solo basal

O horizonte-O compreende a matéria orgânica em recém decomposição - resultado da decomposição de plantas, animais ou microrganismos. Também é conhecido como solo superficial. Esta camada de húmus é significativa na melhoria da fertilidade do solo, humidade e retenção de ar. Embora o húmus constitua uma percentagem menor do volume total do solo, é, no entanto, essencial.

O fundo-A é uma mistura de componentes orgânicos e inorgânicos e é o início do verdadeiro solo mineral formado pelo intemperismo da rocha.

O horizonte-B, ou subsolo, é uma camada de argila fina que é menos fértil que o solo superficial. É rico em humidade e exibe menos atividade biológica do que o solo superficial.

O horizonte-C compreende a rocha intemperada subjacente. Sob o horizonte C geralmente reside a base que age como um material-mãe na formação do solo.

Formação do Solo

O solo forma-se como consequência de processos de intemperismo físicos, químicos e biológicos que atuam no material mãe da base. No caso do intemperismo físico, a terra forma-se a partir de ações mecânicas como mudanças de temperatura, vento, geada, abrasão ou terremotos, qualquer um ou todos os quais podendo causar a quebra da rocha. Em intemperismos químicos, a base reage com água, ácido ou outros componentes químicos. O intemperismo biológico, em contraste, é influenciado pela escavação de animais e raízes vegetais que crescem nas fissuras da rocha, fazendo-a dividir-se.

No geral, o tipo de solo que será produzido é regido por cinco fatores principais de interação - composição do material mãe, o tipo de organismos vivos presentes, as condições climáticas, topografia e tempo. A interação entre esses fatores produz uma infinita variedade de solos em toda a Terra.

Get cutting-edge science videos from JoVE sent straight to your inbox every month.

Waiting X
simple hit counter