Login processing...

Trial ends in Request Full Access Tell Your Colleague About Jove

36.1: Hormonas Vegetais
TABELA DE
CONTEÚDO

JoVE Core
Biology

A subscription to JoVE is required to view this content. You will only be able to see the first 20 seconds.

Education
Plant Hormones
 
TRANSCRIÇÃO

36.1: Hormonas Vegetais

Hormonas vegetais—ou fitohormonas—são moléculas químicas que modulam um ou mais processos fisiológicos de uma planta. Em animais, as hormonas são frequentemente produzidos em glândulas específicas e circuladas através do sistema circulatório. No entanto, as plantas não possuem glândulas produtoras de hormonas.

Em vez disso, as hormonas vegetais são frequentemente produzidas em regiões de crescimento ativo, como as extremidades das raízes e rebentos. Além disso, mesmo concentrações muito baixas de hormonas vegetais podem ter um efeito profundo nos processos de crescimento e desenvolvimento. Por exemplo, as auxinas são produzidas predominantemente em extremidades de rebentos e transportadas de célula a célula para baixo no caule. As auxinas medeiam uma infinidade de respostas vegetais, como alongamento celular, desenvolvimento de frutos e fototropismo—o movimento de uma planta na direção ou para longe da luz.

As hormonas vegetais clássicas incluem auxinas, giberelinas (GA), ácido abscísico (ABA), citocinas (CK) e etileno (ET). As hormonas mais recentemente descobertas incluem jasmonatos (JA), brassinosteróides (BR), e peptídeos. Esses compostos químicos medeiam cascatas de sinalização cruciais que, em última análise, levam a processos-chave associados ao desenvolvimento de raízes e rebentos, floração, amadurecimento de frutos e morfogénese vegetal.

Por exemplo, auxinas e citocinas são mediadoras da divisão, alongamento e diferenciação de células vegetais. O etileno, que é a única hormona gasosa nas plantas, medeia o amadurecimento dos frutos e a abscisão—ou desprendimento—de folhas e outras partes da planta. Muitas dessas hormonas são amplamente utilizadas em práticas agrícolas padrão e tornaram-se críticas para a propagação e colheita das culturas. Por exemplo, para aumentar a sua vida útil, as frutas são muitas vezes colhidas em um estado verde, não maduro e depois tratadas com etileno para promover o amadurecimento.


Sugestão de Leitura

Get cutting-edge science videos from JoVE sent straight to your inbox every month.

Waiting X
simple hit counter