Login processing...

Trial ends in Request Full Access Tell Your Colleague About Jove

30.4: Genética da Especiação
TABELA DE
CONTEÚDO

JoVE Core
Biology

A subscription to JoVE is required to view this content. You will only be able to see the first 20 seconds.

Education
Genetics of Speciation
 
TRANSCRIÇÃO

30.4: Genética da Especiação

Especiação é o processo evolutivo que resulta na formação de novas espécies distintas—grupos de populações reprodutivamente isoladas.

A genética da especiação envolve as diferentes características ou mecanismos de isolamento que impedem a troca de genes, levando ao isolamento reprodutivo. O isolamento reprodutivo pode dever-se a barreiras reprodutivas que têm efeitos antes ou depois da formação de um zigoto. Mecanismos pré-zigóticos impedem a fertilização, e mecanismos pós-zigóticos reduzem a viabilidade, ou capacidade reprodutiva, da progenia híbrida.

Por exemplo, mecanismos pré-zigóticos atuam no início do ciclo de vida de um organismo, impondo o mais forte impedimento ao fluxo genético, e prevenindo combinações desfavoráveis de acasalamento. Algumas combinações de acasalamento produzem indivíduos híbridos. A seleção natural pode funcionar contra a produção de híbridos com baixa aptidão, aumentando assim o isolamento reprodutivo entre duas espécies.

Barreiras reprodutivas pós-zigóticas podem dever-se à inviabilidade intrínseca dos híbridos. Complicações genéticas resultantes de níveis aberrantes de ploidia, diferentes arranjos cromossómicos, ou incompatibilidades genéticas onde os alelos não funcionam adequadamente, contribuem para diferentes constituições genéticas e caminhos alternativos de desenvolvimento em híbridos. Essas alterações genéticas afetam tanto plantas como animais, levando ao isolamento pós-zigótico e à especiação.

A epistasia, ou interações genéticas não alélicas, é uma característica distinta que contribui para a especiação. O efeito de uma variante genética depende do fundo genético em que aparece. Por exemplo, um alelo que dá origem a um fenótipo normal em membros da mesma espécie pode funcionar mal no ambiente genético dos híbridos. Essa fraqueza híbrida também pode levar ao isolamento reprodutivo e à especiação.


Sugestão de Leitura

Get cutting-edge science videos from JoVE sent straight to your inbox every month.

Waiting X
simple hit counter