Waiting
Login processing...

Trial ends in Request Full Access Tell Your Colleague About Jove

32.5: Fluxo Genético
TABELA DE
CONTEÚDO

JoVE Core
Biology

A subscription to JoVE is required to view this content. You will only be able to see the first 20 seconds.

Education
Gene Flow
 
TRANSCRIÇÃO

32.5: Fluxo Genético

O fluxo genético é a transferência de genes entre as populações, resultante da dispersão de gâmetas ou da migração de indivíduos.

Esse fenómeno desempenha um papel evolutivo significativo em todos os organismos, e dependendo das taxas de fluxo genético, o mecanismo induz a diversidade genética ou gera homogeneidade genética entre as populações. Quando a taxa de fluxo genético é baixa, a introdução de novos alelos em uma população gera diversidade genética. Por outro lado, uma alta taxa de fluxo genético reduz a variação genética entre as populações, aumentando a homogeneidade.

A mobilidade é um fator crítico que afeta a taxa de fluxo genético entre as populações. Mais organismos móveis têm maior probabilidade de contribuir para o fluxo genético através da migração. Organismos sedentários como plantas também podem facilitar o fluxo genético através do seu pólen e das suas sementes que são transportados a grandes distâncias por animais ou pelo vento. No entanto, a migração em si nem sempre garante o fluxo genético - ela precisa ser acompanhada pela troca de genes ou material genético entre os indivíduos residentes e migrantes.

Barreiras físicas e reprodutivas podem impedir o fluxo genético. Por exemplo, a especiação alopátrica ocorre quando barreiras geográficas isolam populações da mesma espécie, restringindo o fluxo genético. Quando essas barreiras são removidas, se as populações tiverem divergido o suficiente enquanto separadas de forma a não poderem mais produzir descendentes viáveis com um membro da outra população, elas podem ser classificadas como espécies separadas.

O fluxo genético assistido pelo homem pode ajudar no resgate genético. Uma alta taxa de endogamia em pequenas populações reduz a diversidade, reduz a aptidão, e aumenta o risco de extinção. A introdução de indivíduos ou organismos não relacionados através da interferência humana pode reduzir a extensão da endogamia, melhorar a diversidade e, assim, aumentar a aptidão geral.


Sugestão de Leitura

Get cutting-edge science videos from JoVE sent straight to your inbox every month.

Waiting X
Simple Hit Counter