Waiting
Login processing...

Trial ends in Request Full Access Tell Your Colleague About Jove

34.14: Regulação da Transpiração por Estomas
TABELA DE
CONTEÚDO

JoVE Core
Biology

A subscription to JoVE is required to view this content.

Education
Regulation of Transpiration by Stomata
 
TRANSCRIÇÃO

34.14: Regulação da Transpiração por Estomas

Durante a fotossíntese, as plantas obtêm o dióxido de carbono necessário e libertam o oxigénio produzido de volta para a atmosfera. Aberturas na epiderme das folhas de plantas são o local dessa troca de gases. Uma única abertura é chamada de estoma—derivado da palavra grega para “boca”. Os estomas abrem e fecham em resposta a uma variedade de sinais ambientais.

Cada estoma está flanqueado por duas células-guarda especializadas que criam uma abertura quando essas células incorporam água. O transporte de iões regula a quantidade de água em células-guarda. Quando acionadas, bombas translocam iões de hidrogénio para fora das células-guarda. Essa hiperpolarização da membrana faz com que os canais de potássio dependentes de voltagem se abram e permitam que os solutos, como iões de potássio e sacarose, entrem nas células-guarda. O aumento da concentração de solutos leva água para as células-guarda, que se acumula no vacúolo. Como resultado, as células-guarda curvam-se e deformam-se em forma renal, originando a abertura do estoma. Quando os solutos deixam as células-guarda, a água segue, resultando em um encolhimento das células-guarda, e fecho da abertura.

Uma variedade de sinais ambientais e internos desencadeia a abertura de estomas. Por exemplo, a luz azul ativa receptores sensíveis à luz na superfície celular que iniciam uma cascata molecular que leva à abertura de estomas. Além disso, quando a concentração de dióxido de carbono cai dentro do tecido da folha, a abertura de estomas é induzida para que as células possam ter acesso a esse reagente crítico da fotossíntese.

A perda de vapor de água é fundamental para o estabelecimento de atração transpiracional: a água evapora na superfície das células de mesófilo e escapa para a atmosfera através de estomas abertos. A perda de água cria uma atração transpiracional que puxa água adicional do solo para as raízes e todo o caminho para as folhas.

Quando não há água suficiente, como em condições de seca, os estomas fecham. A hormona ácido abscísico (ABA) é importante nesse processo, ligando-se a receptores nas membranas de células-guarda e aumentando a concentração de soluto intracelular. A ABA também é importante no controlo circadiano da abertura de estomas, fazendo com que mais estomas sejam abertos à luz do dia, e fechados no escuro.


Sugestão de Leitura

Tags

Transpiration Stomata Gas Exchange Opening And Closing Of Stomata Guard Cells Photosynthesis Carbon Dioxide Uptake Oxygen Release Water Regulation Ion Concentration Potassium Ions Osmosis Evaporation Water Loss Wilting

Get cutting-edge science videos from JoVE sent straight to your inbox every month.

Waiting X
Simple Hit Counter