Em células vivas, imagens de células precursoras de órgãos sensoriais na Intact Drosophila As pupas

Neuroscience
 

Summary

Neste vídeo, descrevemos um método para imagens de células vivas de células em divisão assimétrica órgão sensorial progenitoras e células epidérmicas em intacta

Cite this Article

Copy Citation | Download Citations

Zitserman, D., Roegiers, F. Live-cell Imaging of Sensory Organ Precursor Cells in Intact Drosophila Pupae. J. Vis. Exp. (51), e2706, doi:10.3791/2706 (2011).

Please note that all translations are automatically generated.

Click here for the english version. For other languages click here.

Abstract

Desde a descoberta da proteína verde fluorescente (GFP), tem havido uma mudança revolucionária no uso de live-imaging celular como uma ferramenta para a compreensão de mecanismos biológicos fundamentais. Progresso notável tem sido particularmente evidente em Drosophila, cuja extensa toolkit de mutantes e linhagens transgênicas fornece um modelo conveniente para estudar evolutivamente conservada de desenvolvimento e de células mecanismos biológicos. Estamos interessados ​​na compreensão dos mecanismos que controlam a especificação de destino das células no sistema nervoso periférico de adultos (PNS) em Drosophila. Cerdas que cobrem a cabeça, tórax, abdômen, pernas e asas da mosca adulta são individuais órgãos mecanosensorial, e têm sido estudados como um sistema modelo para entender os mecanismos de Notch dependentes de decisões destino da célula. Sensoriais órgão precursor (SOP) células do microchaetes (ou pequeno cerdas), estão distribuídos por todo o epitélio do tórax pupal, e são especificados durante as primeiras 12 horas após o início da pupariation. Após a especificação, as células começam a se dividir SOP, segregando o determinante destino celular Numb para uma célula filha durante a mitose. Funções Numb como um inibidor de células-autônoma da via de sinalização Notch.

Aqui, mostramos um método para acompanhar a dinâmica de proteínas na célula SOP e sua progênie dentro do tórax intacto pupal usando uma combinação de tecido-específicos Gal4 motoristas e GFP-tagged fusão 1,2 proteínas. Esta técnica tem a vantagem sobre o tecido fixo ou cultivadas explantes, pois nos permite acompanhar todo o desenvolvimento de um órgão de especificação das precursoras neurais para o crescimento e diferenciação terminal do órgão. Podemos, portanto, correlacionar diretamente as mudanças no comportamento de células de alterações na diferenciação terminal. Além disso, podemos combinar a técnica de imagem ao vivo com a análise de mosaico com um marcador de células repressor (MARCM) do sistema para avaliar a dinâmica de proteínas marcado em SOPs mitótica em condições mutante ou tipo selvagem. Usando esta técnica, nós e outros revelaram percepções romance em regulação da divisão celular assimétrica eo controle da ativação de sinalização Notch em células SOP (exemplos incluem referências 1-6,7, 8).

Protocol

Discussion

Disclosures

Não há conflitos de interesse declarados.

Acknowledgements

Materials

Name Company Catalog Number Comments
Scotch double stick tape
Glass slide
18mmX18mm coverslip
Forceps
Whatman paper
Silicone vacuum grease Dow Corning
5 ml syringe
Pipetter
Confocal or epifluorescence microscope

DOWNLOAD MATERIALS LIST

References

  1. Gho, M., Bellaiche, Y., Schweisguth, F. Revisiting the Drosophila microchaete lineage: a novel intrinsically asymmetric cell division generates a glial cell. Development. 126, 3573-3584 (1999).
  2. Roegiers, F., Younger-Shepherd, S., Jan, L. Y., Jan, Y. N. Two types of asymmetric divisions in the Drosophila sensory organ precursor cell lineage. Nat Cell Biol. 3, 58-67 (2001).
  3. Bellaiche, Y., Gho, M., Kaltschmidt, J. A., Brand, A. H., Schweisguth, F. Frizzled regulates localization of cell-fate determinants and mitotic spindle rotation during asymmetric cell division. Nat Cell Biol. 3, 50-57 (2001).
  4. Emery, G., Knoblich, J. A. Endosome dynamics during development. Curr Opin Cell Biol. 18, 407-415 (2006).
  5. Roegiers, F., Younger-Shepherd, S., Jan, L. Y., Jan, Y. N. Bazooka is required for localization of determinants and controlling proliferation in the sensory organ precursor cell lineage in Drosophila. Proc Natl Acad Sci U S A. 98, 14469-14474 (2001).
  6. Roegiers, F. Frequent unanticipated alleles of lethal giant larvae in Drosophila second chromosome stocks. Genetics. 182, 407-410 (2009).
  7. Tong, X. Numb independently antagonizes Sanpodo membrane targeting and Notch signaling in Drosophila sensory organ precursor cells. Mol Biol Cell. 21, 802-810 (2010).
  8. Jafar-Nejad, H. Sec15, a Component of the Exocyst, Promotes Notch Signaling during the Asymmetric Division of Drosophila Sensory Organ Precursors. Dev Cell. 9, 351-363 (2005).
  9. Karbowniczek, M. The evolutionarily conserved TSC/Rheb pathway activates Notch in tuberous sclerosis complex and Drosophila external sensory organ development. J Clin Invest. 120, 93-102 (2010).
  10. Coumailleau, F., Furthauer, M., Knoblich, J. A., Gonzalez-Gaitan, M. Directional Delta and Notch trafficking in Sara endosomes during asymmetric cell division. Nature. 458, 1051-1055 (2009).
  11. Emery, G. Asymmetric rab11 endosomes regulate delta recycling and specify cell fate in the Drosophila nervous system. Cell. 122, 763-773 (2005).
  12. Justice, N., Roegiers, F., Jan, L. Y., Jan, Y. N. Lethal giant larvae acts together with numb in notch inhibition and cell fate specification in the Drosophila adult sensory organ precursor lineage. Curr Biol. 13, 778-783 (2003).

Comments

0 Comments


    Post a Question / Comment / Request

    You must be signed in to post a comment. Please or create an account.

    Usage Statistics